Categorias:

Olá leitores!!!Quem aí já sentiu uma dor? Dor física? E emocional do tipo "levei um pé na bunda"? Pois o texto de hoje fala de dores, vamos abrir a mente e ver a dor como uma aliada e não inimiga.

Cliquem no play e boa leitura!! 
Não esqueçam de comentar, compartilhar, divulgar.

****
Dor amiga

Resultado de imagem para dor tumblr
Dor, quem não foge dela? Ninguém gosta da dor, quando sentem uma dor física a maioria de nós trata de logo tomar um remédio que nos impede de senti-la. Mas será que toda dor é ruim?

Dores físicas são uma benção isso sim!! Estou ficando doida? Com certeza não, mas e vocês não estão quando não agradecem as dores que sentem? Afinal, o que é uma dor física? Nada mais que um aviso do corpo dizendo que há algo errado com nossa máquina chamado corpo humano, dizendo que talvez fizemos um exercício na postura errada, dizendo: alerta, alerta, verificar tal "peça" (ou órgão).  Claro que existem doenças em que a dor é constante, que não tem cura..mas com exceção dessas doenças, a dor é nossa amiga.

Dor física quando um órgão nosso está funcionando mal, já pensaram na maravilha desse dispositivo chamado dor que nos avisa quando uma peça nossa está mal? O corpo nos avisa não para disfarçarmos a dor mas sim para descobrir a causa (má alimentação, falta de vitamina, vírus, bactéria...). O corpo simplesmente diz para procurarmos um médico e olhar para ele, no local onde ele está sinalizando e assim podermos cuidar daquela parte, cuidar do funcionamento da máquina antes que ela pife. Já imaginaram que dor maravilhosa é esse que nos alerta?

Dor dos exercícios feitos corretamente, quem é praticante de atividade física sabe que existe a dor boa que nos diz que estamos trabalhando o músculo correspondente de maneira certinha. Só ganhamos força se cutucamos os músculos, se cutucarmos eles da forma correta eles reagem, saem do "sofá" e se colocam a disposição para o que precisarmos, masssss...para tirar eles do "sofá" e para cutucarmos eles, precisamos sentir...dor. Sim, os músculos só evoluem quando sentem dor, quando são forçados a sair do lugar cômodo. 
Imagem relacionada
Dançarinos, haaa, eu amo dança (mas não pratico), movimentos perfeitos, parecem flutuar, mas para atingir tão grau de perfeição é preciso sentir...dor. E os alongamentos..quem alonga, sabe que alongar dói...e bota doer nisso... Gente: a satisfação de ver seu corpo reagir a dor boa, ao exercício que força (seja ele na musculação, na natação, no vôlei, na corrida, etc), ao alongamento que testa seus limites, a dor que tira seu corpo do comodismo é boa demais. O corpo dói, o corpo reage, você colhe os frutos.

E as dores emocionais? Também um sinal de alerta oras, sinal de algo que não foi bem resolvido, sinal de que há algo por resolver ou fazendo mal, sinal que você não está em paz consigo mesmo. Muitos confundem dor com saudade, eu particularmente acredito que são coisas diferentes, saudade é uma coisa, dor é outra, massss respeito quem pensa de outra forma. De qualquer modo a dor emocional nos alerta de algo errado na alma da gente, no coração, no recinto onde deveria reinar a paz... Com esse sinal o que se espera é que façamos algo, que a gente coloque o orgulho de lado e vá resolver o que tanto nos incomoda e com isso, voltar a ter paz...

Hoje eu acredito que a dor e também a febre são bênçãos divinas!! Imagina se não existem elas? O nosso corpo entraria em colapso e nem sentiríamos nada, a máquina ia pifar e nem teríamos a chance de tentar consertar. 

Encare a dor como sua amiga, pare de tratar a dor como algo ruim e pare de esconder ela com remédios "alivia na hora" e trate de procurar a causa. Óbvio que quando a dor é forte, tomamos algo sim mas depois disso procure um médico, investigue...seu corpo está lhe avisando que algo está errado, corra, conserte o estrago e não jogue apenas um pano por cima. 

Olhe para a dor como uma aliada, e não como inimiga. 



5 Comentários

  1. Bem bacana o seu texto, trazendo uma reflexão positiva a respeito da dor, e é verdade mesmo (a não ser que seja lá uma dor crônica haha), a dor nos avisa que algo está errado com o corpo, mostra que, afinal, estamos vivos.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda,
    É o que dizem, dor física você sabe o que é e tem tratamento.
    Quando a dor é emocional... Incrível como isso pode até mesmo afetar o físico, né?
    Ótimo texto!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Fer,
    Adorei o texto, super interessante! parabéns!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto! A dor emocional é a pior de todas, mas realmente não podemos tê-la como uma inimiga, parece que as coisas só pioram!

    Vem nos visitar:
    papeldeouro2016.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Fer, adorei a crônica! Uma das minhas favoritas até agora! Eu sou o tipo de pessoa que só toma remédio quando a dor é necessário mesmooooo e sou contra tomar remédio para qualquer dorzinha. Por isso, meu organismo responde bem aos remédios. Agora quem toma toda hora e sem necessidade tende a ter um organismo que não responde mais ao remédio. Também tenho esta visão de que dor é uma alerta! Certa vez, vi uma reportagem de pessoas que não sentem dor e vivem correndo risco de vida, pois nunca sabem quando estão doentes. A dor emocional tb é uma alerta. Sem angústia, culpa e tristeza, como saberíamos diferenciar os pensamentos ruins dos bons? Amei! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário!